Veja nossas dicas sobre o que fazer em acidente de trânsito

1) Primeiras providências

Caso você se envolva em um acidente, mantenha a calma, sinalize o local para evitar que outros motoristas se envolvam no acidente (ligue o pisca alerta e utilize o triângulo) e acione os serviços de emergência, quando necessário:

Polícia Militar  (ligue 190)
SAMU  (ligue 192)
Bombeiros  (ligue 193)

Atenção!

Se o acidente NÃO deixou vítima, o boletim de ocorrência poderá ser feito no batalhão da Polícia Militar ou pelo site da Polícia Civil (clique aqui).

Se o acidente deixou vítima, somente preste socorro se estiver apto a fazê-lo, pois um atendimento inadequado pode causar danos permanentes.

Se você passar por um acidente e verificar que já há atendimento médico às vítimas, não pare seu carro, pois isso pode provocar mais acidentes e prejudicar a ação dos profissionais envolvidos (policiais, socorristas ou bombeiros).

De acordo com a legislação, algumas posturas do motorista diante da ocorrência de um acidente podem resultar em infração de trânsito e, dependendo do caso, até mesmo em crime:

• Omissão de socorro é considerado crime, de acordo com art. 135 do Código Penal punido com detenção de 1 a 6 meses ou multa.

• Deixar de prestar ou providenciar socorro a vítima, podendo fazê-lo entre outras omissões, além de infrações (art. 176 do CTB), podem configurar crime de trânsito punido com detenção de 6 meses a 1 ano ou multa (art. 304 do CTB).

 

2) Depois do acidente – procedimentos no Detran.SP

Passado o susto, conforme a extensão dos danos causados pelo acidente, é provável que você precise regularizar seu veículo e sua CNH.

Quer regularizar CNH cassada ou suspensa? Clique aqui para ver as orientações.
Veículo foi danificado com o acidente? Veja o que fazer em caso de Sinistro.
Danos na numeração do motor do veículo? Veja como fazer a Gravação ou Regravação do motor.
Danos na numeração do chassi? Veja o que fazer em caso de Remarcação do chassi.
Será preciso comprar peças para o veículo? Se preferir comprar peças usadas, consulte aqui as empresas credenciadas para a venda e a procedência das autopeças usadas.
Danos permanentes no veículo? Veja como fazer a Baixa de veículo.